Código de Ética

A OBJN assegura os direitos e deveres que dizem respeito aos participantes da pesquisa e à comunidade científica, portanto, não publica manuscritos que não atendam os aspectos ético-legais de pesquisa com seres humanos.

As pesquisas envolvendo seres humanos devem atender a Resolução CNS nº 466/2012 ou 510/2016 e mencionar no corpo do texto o número do parecer de aprovação do projeto de pesquisa por Comitê de Ética reconhecido pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa, do Conselho Nacional de Saúde, ou  equivalente, quando realizada em outro país. 

Pesquisas envolvendo o cuidado e uso de animais devem respeitar a Lei nº 11.794 (8 de outubro de 2008), regulamentada pelo inciso VII do §1º do Art. 225 da Constituição Federal e seguir  o Guide for the Care and Use of Laboratory Animals e a Diretriz Brasileira para o Cuidado e a Utilização de Animais para Fins Científicos e Didáticos do Conselho Nacional do Controle de Experimentação Animal (CONCEA), disponível em (www.sbcal.org.br/).

A OBJN atende as recomendações do Comitê Internacional de Editores de Periódicos Médicos (International Committee of Medical Journal Editors – ICMJE), quanto às funções e responsabilidades dos autores, revisores, editores e proprietários; questões de publicação e editoração em revistas médicas, e; preparação e submissão de manuscritos. Portanto, os editores e demais membros da equipe editorial se abstêm de tomar decisões caso haja quaisquer conflitos de interesses ou relacionamentos vinculados aos artigos sob apreciação.

Ressalta-se também a recomendação do registro em um sistema de registro público de ensaios clínico, protocolos de revisões e revisões sistemáticas, além das diretrizes metodológicas sugeridas na rede Equator.

A OBJN é afiliada a Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC) e atende as recomendações para editores e autores do  Code of Conduct and Best Practice Guidelines for Journal Editors, do Commitee on Publication Ethics (COPE), disponível em (www.publicationethics.org).

A OBJN condena práticas de plágio e autoplágio, portanto, para manutenção de sua reputação acadêmica, a revista adota o Ithenticate para verificação de similaridade em manuscritos. Em caso de manuscritos oriundos de dissertações e/ou teses, o autor correspondente deve notificar o Editor Chefe durante a submissão na Carta de Apresentação ao Editor Chefe bem como na Title Page (ANEXO II).

Visando valorizar o desenvolvimento da comunicação científica de acesso aberto, a revista aceita publicações previamente depositadas em servidores de preprints, desde que no momento da submissão via ScholarOne tal aspecto seja informado e o Editor Chefe seja notificado na Carta de Apresentação ao Editor, com indicação DOI e nome do servidor em que se encontra depositado. O artigo preprint publicado deve obedecer a uma licença que permita compartilhar o material em qualquer formato ou suporte (Creative Commons  – CC-BY).

 

*atualizado em 17/06/2021. Versão em PDF

 

 

 

 

 

Translate »
Skip to content