Sobre a Revista

Histórico do periódico

O Online Brazilian Journal of Nursing (ISSN: 1676-4285) foi criado em 2002, tendo por objetivo a divulgação e discussão da produção acadêmica e científica. Trata de reconhecer a necessidade de coexistência entre as diferentes vertentes de investigação no campo da enfermagem, alimentando o debate constante como forma de incentivo à produção científica. Ao mesmo tempo, visa estimular o diálogo com diferentes áreas do conhecimento, cujos temas se relacionem ao campo da saúde.

A abreviatura de seu título é Online Braz J Nurs, que deve ser utilizada em notas de rodapé, legendas e referências bibliográficas.

O OBJN é uma publicação vinculada a Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense.

Área temática da revista: Enfermagem.

Público da revista: Professores, Pesquisadores, Profissionais de saúde, Alunos de graduação e pós-graduação e áreas afins.

Nossa Missão

Nossa missão é registrar, recuperar e divulgar informações na forma de evidências científicas importantes, defendendo a liberdade editorial e a integração global do conhecimento entre pesquisadores e profissionais de enfermagem e saúde.

Nossa Visão

Nossa visão é emergir como o melhor periódico eletrônico de enfermagem da América Latina, pelo reconhecimento pelas principais bases de indexação internacionais e por sua defesa inalienável da excelência, exatidão e preceitos éticos nas publicações na área da saúde.

Periodicidade

O OBJN segue o sistema de publicação em fluxo contínuo (rolling pass).

Indicadores de submissão e avaliação

    • Artigos aprovados: 45%*;
    • Número de submissões: 245*;
    • Tempo médio entre submissão e avaliação: 113 dias (2021);
    • Tempo médio entre aprovação e publicação: 71 dias (2021).

* Período avaliado após implementação do sistema de gerenciamento de submissão de manuscritos ScholarOne, entre 05/2021 e 05/2022.

Política de Acesso Aberto

Este é um periódico de acesso aberto do tipo Gold Open Access, o que significa que todo o conteúdo está disponível gratuitamente, sem a necessidade de cadastro e sem custo para o usuário ou sua instituição. Os usuários podem ler, baixar, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar ou vincular os textos completos dos artigos, ou usá-los para qualquer outra finalidade legal, sem solicitar permissão prévia do editor ou do autor, desde que respeitem a licença de uso Creative Commons (CC-BY) utilizada pelo periódico. Esta definição de acesso aberto está de acordo com a Iniciativa de Acesso Aberto de Budapeste (BOAI).

Licenciamento das obras

A partir do v. 20 (2021) o sistema de licenciamento adotado pelo OBJN passou a ser a licença Creative Commons (CC-BY) – Atribuição 4.0 Internacional. Esta licença permite que o conteúdo dos artigos sejam copiados, distribuídos, editados, remixados e utilizados para novas criações, inclusive para fins comerciais, desde que sejam atribuídos os devidos créditos ao(s) autor(es) original(is) e que se confiram os devidos créditos de publicação ao OBJN. Esta licença tem por função maximizar a disseminação e o uso de materiais licenciados.

Direitos Autorais

Ao publicar no OBJN os autores transferem os direitos autorais de seu manuscrito à Revista, por meio da Declaração de Transferência de Direitos Autorais, tornando seu conteúdo uma propriedade exclusiva deste periódico. 

Política de Plágio 

O OBJN condena práticas de plágio e autoplágio. Portanto, para manutenção de sua reputação acadêmica, todos os manuscritos submetidos são analisados por meio do programa de verificação de similaridade iThenticate®. Manuscritos que apresentem similaridades com outros já publicados serão excluídos do processo de avaliação. Em situações como estas, o OBJN adota as orientações e fluxos recomendados pelo Committee on Publication Ethics – COPE (http://publicationethics.org/).

Política de Arquivamento e Preservação Digital

O OBJN utiliza o sistema LOCKSS® para a preservação digital de seus artigos. Este sistema permite que os arquivos depositados sejam distribuído entre as bibliotecas participantes, possibilitando-as criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Para mais informações acesse: https://www.lockss.org/ 

O arquivamento é realizado via PKP Preservation Network.

Autorizações concedidas para o armazenamento e acesso dos artigos do OBJN podem ser consultadas no serviço de informações Diadorim (clique na imagem):


Fluxo Editorial e Peer review

 

                                             

O fluxo de editoração se inicia quando o manuscrito é submetido no Sistema ScholarOne. Em seguida, o setor administrativo faz uma pré-análise para verificação do atendimento aos documentos obrigatórios, de acordo com as instruções. Então, é encaminhado para pré-análise (overview) do Editor Chefe/Adjunto, que decidirá pela sua aprovação ou recusa, considerando a relevância científica e as modalidades aceitas pelo OBJN. Diante da aprovação pelo Editor Chefe/Adjunto, os autores deverão efetuar o pagamento da taxa de avaliação. Após o pagamento, o manuscrito será avaliado quanto à normalização pela Equipe de Bibliotecários. Neste momento, o manuscrito poderá ser ajustado no máximo três vezes para atendimento as solicitações. Caso contrário, será recusado. A aprovação no Overview pelo Editor Chefe/Adjunto não configura no aceite definitivo do artigo, visto que nesta fase não há avaliação da qualidade do estudo, e sim, se o mesmo atende aos critérios de foco e escopo da revista.

Os textos aprovados pela normalização serão enviados ao Editor de Seção designado pelo Editor Chefe. O Editor de Seção irá designar dois revisores para emitir pareceres de forma cega (double-blind review), preservando o anonimato dos autores e revisores. Os pareceres emitidos pelos avaliadores podem considerar aceitar, rejeitar ou solicitar ajustes do manuscrito, seja de forma ou de conteúdo. O Editor de Seção realizará a recomendação para o Editor Chefe, que decidirá pela aprovação, reformulação ou recusa dos textos, com base nas avaliações realizadas pelos revisores e pelo Editor de Seção.

                                                                             

Após o aceite, o(s) autor(es) deverá(ão) efetuar o pagamento da taxa de publicação e encaminhar o manuscrito e a Title Page para revisão e tradução em uma das empresas credenciadas pelo OBJN. Somente será dada continuidade no processo editorial daqueles acompanhados do(s) certificado(s) de tradução emitido(s) por estas empresas. O OBJN não aceita certificados de empresas externas. Prontamente a confirmação do pagamento da taxa de publicação e análise dos certificados de revisão e tradução, o texto científico passa por procedimentos editoriais de pré-publicação, como a produção do HTML, PDF e EPUB, atribuição do DOI e do licenciamento. Por fim, o artigo é publicado no site do OBJN, estando disponível para acesso de forma gratuita e integral.

Indexação | Bases de dados

                                             

                                                                                                                         

Financiamento

Logo da EEAAC                               

Translate »
Skip to content